Com novas bases, E-HTL espera crescer 15% neste ano

Com novas bases, E-HTL espera crescer 15% neste ano

Flavio Louro e Kléber Yoshida

 

A E-HTL veio otimista para a WTM. Com expectativa de crescer entre 10% a 15% mesmo em um ano de crise, a operadora tem duas novas bases de negócios no Brasil: no Espírito Santo e Mato Grosso do Sul.

“Aproveitamos oportunidades que apareceram com profissionais competentes que ficaram disponíveis. Não achamos que a crise se prolongará por muito mais tempo”, disse o diretor da E-HTL, Flavio Louro. “O brasileiro não vai deixar de viajar, por mais que tenha que esperar mais para isso em alguns casos”, completou.

Segundo o executivo, a operadora aproveitou o momento econômico para, na WTM, prospectar negócios internacionais. “Estamos notando a preocupação dos estrangeiros com nossa crise, o vírus zika e outras coisas, mas não acho que deixam de confar no País”, disse.

Lazer e luxo são os segmentos que mais se mantêm aquecidos, de acordo com Louro.

Comente pelo Facebook