E-HTL cresce em 2015 e abre duas filiais

E-HTL cresce em 2015 e abre duas filiais
O diretor Flávio Gomes Louro e o gerente de Marketing do E-HTL, Kleber Yoshida, na sede da empresa

O E-HTL Viagens Online, que atua nos segmentos de hotelaria (nacional e internacional) e locação de automóveis para as agências de viagens, fechou 2015 com crescimento e, neste primeiro trimestre de 2016, abriu duas novas filiais.

“Nosso faturamento em 2015, esse ano bem atípico pela situação político-econômica, cresceu 15% em comparação a 2014, que já tinha sido muito bom para o E-HTL”, conta, em entrevista exclusiva ao TurismoEtc, o diretor Flávio Gomes Louro na sede da empresa, que fica no centro de São Paulo.

Segundo Louro, o primeiro trimestre de 2016 “não foi tão bom quanto o mesmo de 2015, mas garanto que nos traz resultados positivos”. Ainda de acordo com o diretor, “2016 está sendo um ano difícil também para o turismo, mas é um ano de oportunidades e estamos trabalhando muito para buscá-las”.

Para o diretor do E-HTL, o azul na contabilidade da empresa, que tem 11 anos, decorre de três fatores. “Primeiro: nosso trabalho junto às agências de viagens; segundo: nossos produtos e nossa competitividade; terceiro: a confiança e a credibilidade que as agências têm na marca E-HTL”, enumera ele.

NOVA FILIAIS
Louro conta que, ao contrário de outras empresas, “o E-HTL não está demitindo colaboradores mas, pelo contrário, estamos contratando e expandindo os negócios”.

Nesse sentido, a empresa inaugurou recentemente duas novas filiais: Vitória, liderada por Leandro Martins (leandro.martins@e-thl.com.br); e Campo Grande, gerenciada por Priscylla Goulart (priscylla@e-htl.com.br).

“Iríamos abrir as novas filiais em 2015, mas ´esbarramos´ na falta de profissionais à altura. Aí encontramos o Martins e a Priscylla, que têm muita experiência nas suas praças e abrimos”, explica Louro.

Segundo Louro, uma terceira filial será inaugurada ainda este ano. “Deve ser na região Norte”, aponta ele, sem dizer o nome do Estado. “Caso apareçam mais oportunidades e nós analisarmos que são boas, certamente o E-HTL vai investir.”

 

P1200787
“Estamos contratando e ampliando os negócios”, assegura Louro

EXPLORAR NICHOS
Dentro da estratégia de buscar novas oportunidades ou maximizar mercados já atendidos, o E-HTL subdividiu o segmento hoteleiro em alguns nichos. “É uma forma de incrementar a receita, oferecendo para aquele cliente que compra conosco a hotelaria corporativa, via agência de viagens, a hotelaria de lazer nas férias, nos finais de semana e nos feriados, pelo mesmo canal de distribuição”, resume Louro.

Dentro os nichos que a empresa passa a explorar estão: lazer, exótico, luxo, praia, religioso e ecológico. “Agora no verão, tivemos uma boa performance vendendo resorts”, exemplifica Louro.

“Não é só no nacional que estamos firmes na venda de lazer por meio dos nichos; o internacional também entra nessa estratégia”, destaca o diretor.

NOVO PATAMAR DO CÂMBIO
Questionado se o câmbio é uma pedra no caminho do brasileiro para viajar ao Exterior, Louro responde que não. “Acredito que o brasileiro já consegue trabalhar nesse novo patamar entre R$ 3 e R$ 4 por US$ 1”, enfatiza ele.

“Acredito também que o brasileiro não deixará de viajar, seja no próprio País seja no Exterior. Ele pode deixar de trocar de carro ou de televisor, mas não deixará de viajar com sua família.”

 

FONTE: http://turismoetc.com.br/e-htl-cresce-em-2015-e-abre-duas-filiais

Comente pelo Facebook